Sinopse

A IJKA - Portugal, através do seu responsável técnico, Sensei Rui Caipira, tem desenvolvido desde 2003 uma abordagem metodológica relacionada com o ensino e treino do Karate adaptado. Este projecto envolve o contributo de profissionais de diferentes áreas (Medicina, Psicologia, Fisioterapia e Enfermagem) dotando a actividade do necessário enquadramento institucional e possibilitando assim o acesso a esta prática a pessoas com deficiência motora crónica ou em processo de reabilitação. A IJKA- Portugal tem desenvolvido diferentes work - shops e dinamizado diferentes demonstrações em instituições que integram pessoas nas circunstâncias em questão. Estas Acções têm o condão de demonstrar a abrangência do Karate e a sua acessibilidade a pessoas com diferentes condições motoras. Desta forma, o Karate, através da IJKA - Portugal, manifesta-se também como exemplo de prática desportiva inclusiva, conferindo aos diferentes praticantes uma via de desenvolvimento desportivo, pessoal e social de enorme potencial. Temos como orientação e obejectivo, dar a conhecer as experiências vividas no seio da IJKA - Portugal. Uma organização de referência que contribui para a construção de uma sociedade integrante de oportunidades, crescendo juntos na Diferença, na Igualdade, na inclusão e na excelência Desportiva, para que as pessoas se sintam aceites, respeitadas e realizadas.

-------------------------------------------------------------------------

Parceria - CRACEP Portimão

Em julho de 2018, foi celebrado com a IJKA-Portugal e a CRACEP - Portimão, um contrato referente ao projeto relacionado com o Karate Adaptado. A parceria compreende o ensino desta modalidade aos utentes da referida instituíção a pessoas com necessidades especiais. As aulas são desenvolvidas no Pavilhão Gimnodesportivo Municipal e tem o apoio do Municipio de Portimão e Divisão do Despoorto.

----------------------------------------------------------------------------
Karate Adaptado para Cadeira de Rodas, projecto activo e em constante desenvolvimento desde 2003
 
 
_________________________________________________________________________________________________________________________________
 
16 de Abril de 2016
 
Aula de Karate em Cadeira de Rodas - Uma Modalidade com Mérito e Visibilidade
 

A convite da Divisão do Desporto da Câmara Municipal de Portimão, a IJKA - Portugal participou no dia 16 de Abril, num evento promovido pela Associação Salvador que se realizou no Hotel Tivoli, junto à Marina de Portimão.

A intervenção da IJKA - Portugal neste evento, foi de encontro aos objectivos de ambas as associações tendo como principal foco, a  inclusão social para as pessoas com deficiência motora.

  O Karate em Cadeira de Rodas fundado em Portugal em 2005 pelo director técnico da Ijka - Portugal, Sensei Rui Caipira, veio realçar que esta valência tem como finalidade, a promoção da prática física e desportiva como um hábito de vida saudável de forma a reduzir o sedentarismo, aumentando o bem-estar físico, psicológico e social.

Foi desta forma, que os utentes da Associação Salvador se envolveram num pequeno treino, orientado pelo Sensei Rui Caipira onde realçaram as suas capacidades e não as suas dificuldades.

Pensamos que o objectivo foi conseguido ao fomentarmos o espírito de equipa e a troca de experiências. Foi também positivo o convívio entre os diversos participantes com e sem deficiência, contribuindo para a integração do indivíduo com deficiência na comunidade.

 
 

Intervenientes

Câmara Municipal de Portimão – Divisão do Desporto (Colaboração)

Associação Salvador (organização)

Hotel Tivoli (Cedência de Instalações)

Internacional Japan Karate Associação – Portugal - Colaboração

(Presidente, Dr. António Silvestre e Director Técnico Sensei, Rui Caipira)

Academia de Karate de Monchique

(Presidente, Dr.ª Ana Nunes)

Secção de Karate da Escola EB, 2/3 Júdice Fialho de Portimão

(Atleta Beatriz Costa)

Associação de Deficientes Motor de Portimão

Presidente (António Guerreiro)

Grupo Desportivo e Cultural do Enxerim

(Atletas, Débora Barros e Apolinário Ferreira)

Obrigado a todos

__________________________________________________________________________________________________________________________________

Projecto da Federação Nacional de Karate de Portugal

Karate Exemplo, O que é ?

O KaratÉxemplo é uma campanha de promoção, interna e externa, dos valores associados ao Karaté enquanto prática desportiva, marcial e educativa!

Karate na Doença

O Miguel a Crescer...

KaratÉxemplo

O Miguel era uma criança de 5 anos de idade que no 2º ano de vida lhe foi diagnosticada Leucemia. Enfrentou o processo de cura por meio de tratamento quimioterapêutico no Instituto Português de Oncologia. O tratamento durou cerca de 2 anos, estando a doença controlada neste momento. O Miguel é um corajoso guerreiro que não vira a cara à luta e como forma de melhorar a sua condição física, iniciou a prática de Karate por recomendação médica aos 5 anos de idade, no Grupo Desportivo e Cultural do Enxerim em Silves (Algarve), clube vinculado à IJKA – Portugal, cujo Responsável Técnico é o Sensei Rui Caipira.  O Karate tem sido um estímulo para o fortalecimento da coragem do Miguel, usufruindo assim dos benefícios desta modalidade, pelo que, irá ser um importante pilar na construção do seu desenvolvimento psicomotor. Estamos cientes que o Miguel ao se juntar à comunidade Karateka para aprender a nossa Arte, também nos ensina toda a profunda experiência que  os seus 7 anos de vida já conheceram.  Aos pais do Miguel, Carla e Nuno, a FNK-P, em representação de toda a comunidade Karateka, transmite um profundo sentimento de respeito por todo o processo passado e pela confiança na nossa modalidade, bem como o agradecimento pela possibilidade dada de promover a valiosa história de sucesso vivida pelo nosso pequeno Karateka no âmbito da Campanha de Ética e Fair-Play “KaratÉxemplo”. O Karate estará sempre disponível no apoio ao Miguel e respetiva família.

________________________________________________________________________________________________________________________________

Karate na Gravidez

A gravidez não é uma doença, é um momento de grande felicidade

Os exercícios de Karate durante a gravidez podem ser benéficos, desde que sejam praticados com moderação, de forma regular e simples.

Durante a gravidez, o organismo da mulher sofre uma série de adaptações a nível cardiovascular, hormonal, músculo-esquelético, respiratório, com o objectivo de criar um ambiente ideal para o desenvolvimento do feto. Estas alterações vão condicionar em grande medida o tipo e a intensidade do exercício que se pode praticar durante a gestação.

As mulheres que já praticavam algum desporto podem continuar a fazê-lo, desde que não intensifiquem o esforço, que este desporto não esteja contra-indicado e que não sofram de nenhuma patologia. A prática de exercício aumentará o bem-estar físico e psicológico da mãe e ajudá-la-á a estar mais activa, com um corpo mais flexível e em forma. Além disso, melhorará a circulação e aumentará a resistência, evitará ganhar mais peso do que o recomendado e favorecerá a prevenção da prisão de ventre.

Apesar de todos estes benefícios, e embora não existam estudos que comprovem que a actividade física constitui um perigo para a mãe ou para o feto, convém também saber que não existe qualquer estudo que tenha comprovado a sua total inocuidade para toda a gestação ou em todos os casos, pelo que é sempre importante comentar sobre as práticas desportivas seguidas com o médico que acompanha a gravidez.

__________________________________________________________________________________________________________________________________

Karate no Autismo, Podemos ajudar...

O que é o AUTISMO ou TRANSTORNOS DO ESPECTRO AUTISTA? 

A partir do Manual de Saúde Mental, que é um guia de classificação diagnóstica, todos os distúrbios do autismo, incluindo o transtorno autista, transtorno desintegrativo da infância, transtorno generalizado do desenvolvimento e Síndrome de Asperger, fundiram-se em um único diagnóstico chamado Transtornos do Espectro Autista – TEA.

TEA é uma condição geral para um grupo de desordens complexas do desenvolvimento do cérebro, antes, durante ou logo após o nascimento. Esses distúrbios caracterizam -se pela dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos. Embora todas as pessoas com TEA partilhem essas dificuldades, o seu estado irá afecta-las com intensidades diferentes. Assim, essas diferenças podem existir desde o nascimento e serem óbvias para todos; ou podem ser mais subtis e tornarem-se mais visíveis ao longo do desenvolvimento.

TEA pode ser associado com deficiência intelectual, dificuldades de coordenação motora e de atenção e, às vezes, as pessoas com autismo têm problemas de saúde física, tais como sono e distúrbios gastrointestinais e podem apresentar outras condições como síndrome de deficit de atenção e hiperatividade, dislexia ou dispraxia. Na adolescência podem desenvolver ansiedade e depressão.

__________________________________________________________________________________________________________________________________

Karate na Saúde mental

A principal característica da deficiência mental é a redução da capacidade intelectual (QI), situada abaixo dos padrões considerados normais para idade, A pessoa com deficiência na maioria das vezes apresenta dificuldades ou nítido atraso em seu desenvolvimento neuropsicomotor, aquisição da fala e outras habilidades, um deficit no comportamento adaptativo, seja na comunicação (linguagem), socialização ou aquisições práticas da vida cotidiana (higiene, uso de roupas, etc.)

__________________________________________________________________________________________________________________________________

Karate na Trissomia 21

Em 1994, Uma experiência de 3 anos inesquecivel

O conceito

Ao contrário do que é comum supor-se, a Trissomia 21 ou Síndrome de Down não é uma doença, mas sim decorrente de uma alteração genética ocorrida durante ou imediatamente após a concepção.

A síndrome de Down define-se por uma “alteração de organização genética e cromossómica do par 21, pela presença total ou parcial de um cromossoma (autossoma) extra nas células do organismo, ou por alterações dos cromossomas do par 21 por permuta de partes com outro cromossoma de outro par de cromossomas” (Santos e Morato, 2002; pág.41).